Covid-19: TJPE solicita a inclusão dos Oficias de Justiça no plano de imunização

Covid-19: TJPE solicita a inclusão dos Oficias de Justiça no plano de imunização

Câmara aprova texto-base de projeto que inclui Oficiais de Justiça nas prioridades de vacinação
5 de abril de 2021
Sindojus-PE cumpre agenda de reuniões em Brasília para discutir temas de interesse da categoria
8 de maio de 2021

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) divulgou, nesta terça-feira (13/04), que requereu ao Governo do Estado e à Prefeitura do Recife a inclusão dos Oficiais de Justiça no grupo prioritário do plano de imunização da Covid-19.

O pedido ao Tribunal já tinha sido feito pelo Sindicato dos Oficiais de Justiça (Sindojus-PE) desde o dia 19 de janeiro deste ano. CLIQUE AQUI PARA VER O DOCUMENTO

O presidente do TJPE, desembargador Fernando Cerqueira, acatou o pleito e encaminhou dois ofícios para o governador Paulo Câmara, e para o prefeito João Campos, via Sistema Eletrônico de Informações (SEI), sendo o primeiro no dia 29 de março, e o último no dia 9 de abril.

Nos ofícios:
OFÍCIO 1 - Clique aqui
OFÍCIO 2 - Clique aqui
A Presidência do TJPE reitera que a categoria faz parte da linha de frente do Poder Judiciário nesta pandemia e destaca a necessidade de incluir os oficiais de Justiça no grupo preferencial de vacinação.

"Se dá pelo elevadíssimo nível de exposição destes ao contágio do COVID-19, em razão das atividades externas que desempenham, relacionando-se diariamente com grande volume de pessoas e nos mais variados locais, desde uma simples residência até hospitais e presídios, o que tem ocasionado um elevado número de ocorrências, contaminações, hospitalizações e óbitos de Oficiais de Justiça, que superam a porcentagem relativa a outras categorias"

expõe o documento

Por fim, o TJPE lembra que esses servidores prestam relevantes serviços e são fundamentais para que o Poder Judiciário exerça suas funções, sendo razoável e imprescindível garantir aos oficiais de Justiça saúde e segurança no desempenho das suas atividades.

Com informações da Ascom TJPE

1 Comentário

  1. Melquizedek Andrade Araújo disse:

    Qual a resposta do Estado para o pedido feito pelo TJ para inclusão dos Oficiais de Justiça como categoria prioritária??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *